22 de janeiro de 2022 - 16:55

Agronegócio

29/11/2021 06:53

Volume de importação de fertilizantes continua recorde

Nos próximos meses o país pode chegar a importar mais de 35 milhões de toneladas

O mercado internacional de fertilizantes tem gerado preocupação em relação ao abastecimento nacional desses insumos. No entanto, o volume de importações no Brasil continuou recorde no mês de outubro e já está consolidado como o maior da série, conforme destaca o Boletim Logístico da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), publicação mensal com dados sobre o mercado de frete de grãos, bem como informações relevantes sobre a logística do agronegócio brasileiro.

A preocupação do mercado em relação ao abastecimento de fertilizantes vem do fato de a China e a Rússia terem anunciado restrições às exportações, sendo este último o principal país fornecedor para o Brasil. Mesmo assim, o volume de importação de fertilizantes no país bateu em outubro a marca histórica de 33,8 milhões de toneladas, caracterizando um maior investimento na safra atual, bem como indicação de um aumento de área plantada das principais commodities nacionais, como soja e milho. No mesmo período do ano passado haviam sido 27,7 milhões de toneladas.

Segundo o Boletim, o atual cenário mundial pode criar mais preocupação para o abastecimento para os próximos meses e, talvez, para o próximo ano. No entanto, o governo brasileiro já iniciou tratativas com o governo e empresas russas no intuito de garantir a regularidade no fornecimento de fertilizantes.

Seguindo o ritmo atual, nos próximos meses o país pode chegar a importar mais de 35 milhões de toneladas destes insumos, principalmente pelo fato de os produtores estarem capitalizados e incentivados ao investimento no plantio, apesar da elevação significativa dos custos dos adubos.

O Boletim Logístico traz como exemplo o estado de Mato Grosso. O principal produtor de milho, soja e algodão do país importou, de janeiro a outubro, 6,6 milhões de toneladas, um incremento de 35,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Fonte: Agrolink


Plantão

(65) 98411-0626

Copyright  - A Voz do Estado  - Todos os direitos reservados